PROGRAMAÇÃO
Parque Mato Sartori terá horário diferenciado durante Festa da Uva
22/02/2019 13:21 em Novidades

Será possível fazer visita guiada, de segunda a sexta, às 9h ou às 10h45

O Parque Mato Sartori estará aberto ao público em horários diferenciados durante a Festa da Uva 2019. O setor de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) desenvolverá visitas guiadas de segunda a sexta-feira, de 25/02 a 08/03. Haverá duas opções de horário: às 9h e às 10h45. A medida tem o objetivo de proporcionar um momento de lazer e tranquilidade para a comunidade em geral, principalmente aos turistas.

A secretaria desenvolve uma trilha no Mato Sartori que inclui a passagem por uma pinguela de 15 metros sob uma nascente, além de um mirante que oferece uma vista privilegiada da cidade em meio à natureza. A equipe da Educação Ambiental também fala sobre as árvores nativas que se encontram no local, contando curiosidades do parque.

“Programamos as visitas guiadas nesses horários para que as pessoas possam aproveitar os atrativos de Caxias de manhã e, de tarde ou à noite, visitar a Festa da Uva 2019. Ficamos felizes em poder aliar o turismo à preservação ambiental, conscientizando a população de que precisamos preservar cada vez mais o nosso planeta”, ressaltou Patrícia Rasia, titular da Semma.

Não há necessidade de agendamento para visitação. Nos dias de chuva, não haverá roteiro. A Semma sugere aos visitantes o uso de roupa confortável, tênis e repelente.

Parque Mato Sartori

Possui uma área total de 6,6 hectares na rua Borges de Medeiros, no Centro de Caxias do Sul. São atendidos grupos de estudantes, empresas e comunidade em geral com o objetivo de sensibilizar e despertar atitudes conscientes de preservação ao meio ambiente.

As principais espécies que compõem o parque são pau-brasil, araucária, carrapicho, sucará, mamica-de-cadela, erva-mate e cedro. Também há bromélias, cipós e líquens (bioindicadores para demonstrar a qualidade do ar). A proposta aos visitantes é de que eles se sintam conectados com a natureza, mesmo estando no meio urbano, demonstrando que é possível praticar boas ações de preservação em qualquer lugar.

No local também fica a Sala Verde, voltada especificamente para atividades de educação ambiental, palestras e reuniões. Após desenvolver uma proposta político-pedagógica e encaminhar ao Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (DEA/MMA), que coordena esse projeto, a Semma foi credenciada para promover atividades propostas pelo próprio Departamento, além de receber materiais disponibilizados pelo MMA.

Foto por Mateus Argenta

 

COMENTÁRIOS