PROGRAMAÇÃO
Prefeitura estuda garantias de pagamento de salários em nova licitação para limpeza de escolas
29/03/2019 14:08 em Novidades

Termo de referência do edital está sendo avaliado para evitar problemas com funcionários

 

A Secretaria Municipal da Educação (Smed) pretende lançar em abril um novo edital de licitação para contratar uma empresa responsável pelo serviço de limpeza nas escolas municipais. O termo de referência está sendo avaliado a fim de evitar problemas com relação às obrigações legais e trabalhistas dos funcionários da escolhida, como ocorreu com a antiga contratada. Neste mês, uma nova instituição assumiu os serviços, com um contrato emergencial válido por seis meses, num valor aproximado de R$ 4,2 milhões.

A empresa JOB, que prestava o serviço para as escolas, apresentou problemas no pagamento dos funcionários. De acordo com a diretora financeira da Smed, Danúbia Sartor, o objetivo da pasta com a contratação emergencial de uma nova instituição foi evitar transtornos às escolas, mantendo a assiduidade dos espaços. “A Smed fez todos os esforços para que o serviço de limpeza não fosse interrompido, o que atrapalharia a rotina dos estudantes. Buscamos, então, uma empresa idônea para dar seguimento a este trabalho”, aponta.

Danúbia também destaca a preocupação com as servidoras da JOB que já vinham atuando nas escolas. “Procuramos garantir que as funcionárias não perdessem o emprego, sendo novamente prejudicadas, visto que tiveram atraso no pagamento dos salários devido a um descumprimento do contrato por parte da JOB”, afirma. Cerca de 180 servidoras que trabalhavam para a empresa demonstraram interesse em continuar com a nova contratada, a Lyon. O quadro de funcionários, composto por 207 postos, já está completo, atendendo normalmente as 81 escolas municipais.

A Lyon ficou em terceiro lugar no último certame e deve participar da licitação deste ano. A futura selecionada atuará junto às escolas por cinco anos.

 

COMENTÁRIOS