PROGRAMAÇÃO
Escolas da rede municipal alteram rotina para debater a educação
12/04/2019 13:57 em Novidades

“Dia D” tem como objetivo apresentar novas diretrizes curriculares para as comunidades escolares

As 81 escolas da rede municipal de Caxias do Sul participarão, nesta sexta-feira (12/04), de um importante momento pedagógico. O “Dia D”, movimento organizado pela Secretaria Municipal da Educação (Smed), é realizado com o envolvimento de toda a comunidade escolar. O objetivo da ação é apresentar e divulgar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o Referencial Curricular Gaúcho (RCG) e o Referencial Curricular local para pais, estudantes e professores, a fim de esclarecer a nova documentação que será a base para a construção das propostas pedagógicas das instituições de ensino.

A diretora pedagógica da Smed, Flávia Morés, explica que, em 2017, a BNCC foi homologada em todo o Brasil e, segundo proposta do Ministério da Educação (MEC), entrará em vigor a partir de 2020. “Este documento padroniza o que cada estudante brasileiro tem direito de aprender ao longo da vida escolar. A rede municipal de ensino, participante desse contexto, reformulou, então, o Referencial Curricular para o território de Caxias do Sul”, expõe. Ainda de acordo com a ela, a proposta da Smed é trazer para o foco questões pedagógicas, compartilhando com as comunidades escolares os fundamentos dessa base comum curricular, que aborda o desenvolvimento de habilidades e competências. “Engajada nesse movimento, a Secretaria da Educação vai além, convidando cada segmento da escola a refletir sobre o seu papel e, consequentemente, ter mais condições de exercer o protagonismo que cabe a cada um”, aponta.

Para viabilizar o “Dia D”, foram propostas alterações na rotina escolar. Até o horário do recreio (por volta das 10h, no turno da manhã, e 16h, no turno da tarde, variando de acordo com a organização de cada escola), será apresentado o processo de construção da nova estrutura curricular e ministradas oficinas sobre o tema. No segundo momento, os estudantes e pais serão dispensados para que os professores, junto das coordenações pedagógicas, reúnam-se para o debate dos documentos e sua transposição didática para o dia a dia na sala de aula. “Para garantir o sucesso das atividades, equipes gestoras, coordenadores pedagógicos e professores foram instrumentalizados, com materiais disponibilizados previamente pela Smed, para estudo e organização dos espaços escolares em função das características de cada comunidade”, esclarece a diretora pedagógica.

COMENTÁRIOS