PROGRAMAÇÃO
Acusado de extorsão, oficial de Justiça é preso em flagrante em Flores da Cunha
06/12/2019 11:21 em Novidades

Acusado de extorsão, oficial de Justiça é preso em flagrante em Flores da Cunha

Denunciado por um leiloeiro, o oficial de Justiça Fábio Hallwass, 39 anos, foi preso em flagrante na quarta-feira (04) em Flores da Cunha por agentes da Promotoria de Justiça Especializada Criminal de Porto Alegre. Ele foi detido quando recebia R$ 5 mil como parte do valor que estaria exigindo por uma suposta comissão em um leilão. O flagrante foi homologado pelo juiz da Comarca de Antônio Prado, Nilton Luis Elsenbruch Filomena. Após o registro policial, o acusado foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Caxias do Sul.

A denúncia do leiloeiro florense foi feita ao Ministério Público (MP). O promotor Stefano Lobato Kaltbach iniciou a investigação em junho, quando a vítima começou a receber ligações do oficial de Justiça que cobrava parte da comissão de uma área leiloada da massa falida de uma extinta fábrica de móveis localizada em São Gotardo.

O servidor era lotado em Flores da Cunha e tinha 12 anos de atuação na função. Stefano Kaltbach relata que o caso foi monitorado até o registro do flagrante.

Segundo o promotor florense, o valor inicial pedido pelo oficial de Justiça foi de R$ 50 mil, no entanto, o valor baixou para R$ 25 mil. A primeira parcela seria paga ao acusado nesta quarta-feira, quando foi preso. Se condenado, o servidor público poderá pegar pena que varia de dois a oito anos de reclusão, além da perda do cargo.

COMENTÁRIOS