PROGRAMAÇÃO
Caxias do Sul integra programa de cooperação para prevenir infecções sexuais no público jovem
11/02/2020 14:54 em Novidades

Caxias do Sul integra programa de cooperação para prevenir infecções sexuais no público jovem

Falar sobre prevenção a infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) de uma maneira mais assertiva e direcionada para os jovens é o objetivo do projeto Tecnologias Sociais Inovadoras de Educação e Saúde. O programa vai abranger os 21 municípios onde as taxas de infecção de HIV e ISTs são mais expressivas. Na Serra, a única cidade contemplada com a ação é Caxias do Sul. Em quatro anos devem ser investidos R$ 4,4 milhões para tentar atingir 1 milhão de jovens.

O programa de cooperação com foco na prevenção foi apresentado pelo Governo do Estado e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) na manhã desta segunda-feira (10), no Palácio Piratini. O Rio Grande do Sul tem um dos maiores índices infecção de aids no País, de 27,2 pessoas para cada 100 mil habitantes, enquanto que a nacional é de 17,8.

Durante o projeto, consultores especializados da Unesco prestarão auxílio às prefeituras e às secretarias municipais de Saúde no desenvolvimento de tecnologias sociais de educação e prevenção ao HIV, além de estratégias de comunicação para incentivar comportamentos mais seguros com relação à sexualidade. As iniciativas terão investimento de R$ 1,1 milhão por ano, valor já garantido por meio do Incentivo às Ações de Vigilância, Prevenção e Controle das DST/aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

De acordo com o secretário da Saúde de Caxias, Jorge Olavo Hahn Castro, que esteve em Porto Alegre acompanhado da coordenadora da 5ª Coordenadoria Regional da Saúde (5ª CRS), Tatiane Misturini Fiorio, a proposta é de que os adolescentes e jovens sejam os protagonistas das ações a serem desenvolvidas. Jorge Castro conta que aguarda mais informações sobre quando o programa será implantado.

Segundo o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Secretaria Estadual da Saúde, entre 2011 e 2019, em Caxias do Sul foram registrados 851 casos de Aids, sendo o maior índice em 2012, com 139 casos.

COMENTÁRIOS